terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Fumar de luvas

Com os dias frios que correm, os fumadores obrigados a manter o hábito ao frio, à chuva e ao vento que raras foram as empresas que criaram espaços para o efeito já que a porta da rua é serventia mais barata, podem minimizar os prejuízos resultantes das mudanças de temperatura usando luvas. Luvas sem dedos.


E se os modelos acima porventura sugerirem uma atitude efeminada é sempre possível encontrar umas luvas desportivas para quaisquer mãos másculas.




[encontra-se aqui a forma de tricotar as luvas]

6 comentários:

JPG disse...

Uma pergunta de homem, digamos assim: para ter luvas sem dedos não basta pegar numas quantas luvas com dedos e usar uma tesourinha?

Fabulosa disse...

mas tu... ouve lá... essa cena não deixa as pontas frias? ;)

maria_arvore disse...

JPG,
claro que sim! :)
Embora se quisermos pactuar com os olhares aprovadores dos outros seja mais aconselhável comprar umas das que se vendem no mercado.;)

maria_arvore disse...

Fabulosa,
deixa... mas também deixa a possibilidade de usar os dedos livremente tendo a maior parte das mãos quentes: pode-se fumar, teclar, desfolhar livros, encontrar moedas no fundo dos bolsos ou na mala e tudo o que possas imaginar. :)

Curiosa disse...

Ena as luvas sem dedos :)
Nos anos 80 tive várias, para usar consoante a fatiota.

Pessoalmente não me jeito nenhum fumar de luvas. Vou adoptar esta dica.

maria_arvore disse...

Curiosa,
eu ainda tenho a condizer com a roupa que sou muito friorenta. E fumo com elas postas. ;)