terça-feira, 1 de julho de 2008

Excuse me?

Smoking ban has saved 40,000 lives
By Jeremy Laurance, Health Editor
Monday, 30 June 2008

The nationwide smoking ban has triggered the biggest fall in smoking ever seen in England, a report says today.
More than two billion fewer cigarettes were smoked and 400,000 people quit the habit since the ban was introduced a year ago, which researchers say will prevent 40,000 deaths over the next 10 years.
The Independent


A ver se sei fazer contas à moda de Londres: 400.000 bifes deixaram de fumar, num ano; isso significa, na douta opinião daqueles "investigadores", que 40.000 almas serão "salvas", nos próximos dez anos; logo, a probabilidade de um fumador contrair cancro, como consequência directa e imediata do seu vício, é de... 10%! Pior (ou melhor, consoante a perspectiva), estes 10% de alminhas "poupadas" têm de ser contabilizados como os empréstimos bancários para compra de casa, ou seja, com "spread": são 10% em dez anos, o que dá o excelente "euribor" de 1% ao ano!!!

E também, como de costume, a todas estas continhas de merceeiro tem de ser aplicada a presunção de que nenhum daqueles 10% de infelizes iria bater as botas nos próximos dez anos, em tendo largado o cigarrinho... ou que iria lerpar, de morte macaca e de certezinha absoluta, se porventura persistisse em fumar.

Eu é que vou morrer, estou certo e nem por um momento duvido, muito em breve e da maneira mais fodida que imaginar se possa, caso continue a ler merdas deste jaez. Que os pariu, é o que de mais filosófico me ocorre dizer.

1 comentário:

Curiosa disse...

Utilizando a lógica dos doutos investigadores, ou a lógica dos doutos jornalistas, daqui a 10 anos comprova-se a existência de 40 000 imortais. Será que os ex-fumadores britânicos voltam aos tempos de "capa e espada", cortando a cabeça aos mais fracos?
;)