sexta-feira, 27 de março de 2009

Não há vagas

Fizeram-me chegar a notícia de que o “tabaco é mais perigoso do que excesso de peso”. Pois bem, leitura feita e fico a saber numa única frase, aliás em quatro palavras, «fumar importa muito mais» e isto num artigo que assenta num estudo longitudinal sobre o Índice de Massa Corporal.

Lá vai o tempo – crise existencial que durou a eternidade duns segundos - em que tentei aderir ao clube dos imortais, aqueles que não comem, não bebem, não fumam, não… mas a resposta foi: não há vaga, o planeta asséptico está lotado. E tive de me conformar, nasci com a sentença de que um dia vou morrer.


Fonte da imagem: WebJovem